• Thursday August 6,2020

Cinturão de Asteróides

Explicamos a você o que é o cinturão de asteróides e qual a sua distância do Sol. Além disso, teorias sobre como ele se originou.

O cinturão de asteróides é composto por vários milhões de corpos celestes.
  1. Qual é o cinturão de asteróides?

É conhecido como o cinturão de asteróides ou o cinturão principal de uma região do nosso sistema solar localizada entre as órbitas J ́piter e Marte, isto é, separando os planetas internos dos exteriores. . É caracterizada por abrigar uma infinidade de objetos astronômicos rochosos, de formas irregulares e de tamanhos diferentes, conhecidos como asteróides, e acompanhados pelo planeta anão Ceres.

O nome do Cinturão principal é dado para diferenciá-lo de outros grupos de objetos espaciais no Sistema Solar, como o Cinturão de Kuiper, localizado atrás da órbita de Netuno; ou como a Nuvem de Oort, nos confins do Sistema Solar, há quase um ano a partir do Sol.

O cinturão de asteróides consiste em vários milhões de corpos celestes, classificados em três tipos: carbono (tipo C), silicato (tipo S) e metal (tipo M) . Os maiores objetos presentes são cinco: pás, Vesta, Higia, Juno e o maior de todos: Ceres, classificado como um planeta anão, com um diâmetro de 950 km. Esses objetos compõem mais da metade da massa do cinturão principal, equivalente a apenas 4% da massa da Lua (0, 06% da massa da Terra).

Embora nas representações sejam mostradas de perto, formando uma nuvem compacta, a verdade é que esses asteróides estão tão distantes, que seria difícil navegar nessa região do espaço e encontrar alguma . Por outro lado, devido às oscilações orbitais usuais que eles apresentam, devido a suas eventuais abordagens à órbita J piter (e, portanto, aos efeitos de sua gravidade), muitos asteróides deixam o conjunto e são jogados para o espaço sideral, ou mesmo contra alguns planetas internos.

Veja também: Astro.

  1. Distância do cinturão de asteróides do Sol

Os objetos que compõem a órbita do Cinturão de Asteróides entre J piter e Marte, entre 2, 1 e 3, 4 Unidades Astronômicas (AU) do Sol, ou seja, entre 314.155.527 e 508.632.758 quilômetros de distância do rei Astro.

  1. Origem do Cinturão de Asteróides

O cinturão de asteróides pode fazer parte da nebulosa protosolar.

A teoria mais aceita sobre a origem do cinturão de asteróides faz parte da nebulosa protosolar de onde veio todo o sistema solar. Ou seja, poderia muito bem ser o resultado de matéria dispersa que não conseguiu formar um corpo maior, em parte devido à interferência das ondas gravitacionais de Júpiter, o maior planeta do sistema solar. Isso faria com que os fragmentos de rocha colidissem uns com os outros ou os expulsassem para o espaço, sobrevivendo de uma maneira que representa apenas 1% da massa total inicial.

Hipóteses mais antigas sugerem que o cinturão de asteróides teria sido um planeta formado a partir da nebulosa primitiva, mas que havia sido destruído por algum impacto orbital ou por explosões internas. No entanto, essa hipótese parece improvável, dada a baixa massa do cinto, em contraste com as quantidades muito altas de energia que seriam necessárias para explodir um planeta dessa maneira.


Artigos Interessantes

Individualismo

Individualismo

Explicamos o que é o individualismo e quais são os diferentes significados que ele tem. Além disso, suas diferenças com o coletivismo. O individualismo busca a libertação total do indivíduo. O que é individualismo? O individualismo é uma tendência política, moral e filosófica , cujos valores supremos são a autonomia e a auto-suficiência do indivíduo na sociedade, enfatizando sua `` dignidade moral '' diante de qualquer tentativa de intervenção `` Estado do Estado ou qualquer outra instituição em suas decisões e opções pessoais. O individualismo bus

Astronomia

Astronomia

Explicamos o que é astronomia e qual é a história desta ciência. Além disso, seus ramos de estudo e sua diferença com a astrologia. A astronomia é uma das poucas ciências que permite a participação de amadores. O que é astronomia? A astronomia é conhecida como a ciência dedicada ao estudo dos corpos celestes que povoam o cosmos : estrelas, planetas, satélites, cometas, meteoritos, galáxias e toda a matéria interestelar, bem como suas interações e movimentos. É uma ciência ex

Pré-história

Pré-história

Explicamos o que é a pré-história, os períodos e etapas em que está dividida. Além disso, como era a arte pré-histórica e o que é a história. A pré-história organiza sociedades primitivas que existiam antes da história antiga. O que é pré-história? Tradicionalmente, entendemos por pré-história o período de tempo decorrido desde o aparecimento dos primeiros homidídeos na Terra, ou seja, a espécie humana ancestral da Homo sapiens , até o surgimento das primeiras sociedades complexas destas e, sobretudo, à invenção da escrita, um evento que ocorreu pela primeira vez no Oriente Médio, por volta de

Comércio exterior

Comércio exterior

Explicamos o que é comércio exterior e como esse tipo de comércio funciona. Além disso, suas diferenças com o comércio internacional. O comércio exterior é regulado por tratados, acordos, regras e convenções. O que é comércio exterior? Comércio exterior é a troca de serviços ou produtos entre dois outros países ou regiões econômicas, para que os países envolvidos possam atender às suas necessidades do mercado externo e interno. Os países ou regiõ

Nutrição

Nutrição

Explicamos a você o que é nutrição e o que implica uma alimentação saudável. Além disso, os tipos de nutrição e as doenças mais comuns. Uma boa nutrição pode evitar ou aliviar muitas doenças comuns. O que é nutrição? Nutrição refere-se à ação de tirar proveito dos nutrientes obtidos nos alimentos . É um processo biológ

Descrição do produto

Descrição do produto

Explicamos a você o que é uma descrição e em que consiste uma descrição literária. Além disso, os tipos de descrição que existem. A descrição inclui tudo o que o homem pode caracterizar. O que é descrição? A descrição é uma ferramenta discursiva que permite explicar as características dos sujeitos , dos eventos que ocorrem, dos espaços físicos onde eles se desenvolvem, mesmo das sensações que têm, tanto em situações reais ou em textos de ficção. A descrição inclui tudo o