• Monday December 6,2021

Conhecimento intuitivo

Explicamos o que é conhecimento intuitivo, sua validade, importância e outras características. Além disso, sua relação com o conhecimento racional.

O conhecimento intuitivo ajuda a tomar decisões rapidamente.
  1. O que é conhecimento intuitivo?

Por conhecimento intuitivo ou pensamento intuitivo, geralmente nos referimos às formas de conhecimento imediato que não provêm de processos racionais e conscientes, ou seja, obtidas sem análise e raciocínio prévios, mas são o resultado de certos processos inconscientes que costumamos chamar intuição

O pensamento intuitivo é geralmente rápido, flexível e vinculado à criatividade ; portanto, você geralmente não sabe de onde vem, ou seja, é sombrio, hermético. Portanto, nem sempre é considerado um modo de pensar válido, especialmente em contextos formais, embora, quando se trata de resolver problemas, seja tão válido quanto qualquer outro.

A intuição tem sido o campo de estudo da psicologia e da teoria do conhecimento e, embora esteja freqüentemente ligada a pseudociências e explicações ocultas, sua presença no cérebro humano é inegável. É simplesmente devido a processos inconscientes, ao invés de percepções sobrenaturais.

  1. Características do conhecimento intuitivo

O conhecimento intuitivo, como dissemos acima, faz parte de formas informais, muitas vezes inexplicáveis, de conhecimento que fluem rapidamente e sem análise prévia. Muitas vezes percebemos sua existência quando enfrentamos situações novas .

O conhecimento intuitivo é geralmente obtido de situações passadas semelhantes ou remotamente semelhantes, para que o indivíduo consiga fazer uma espécie de dedução criativa para resolver o problema que surgir.

O conhecimento intuitivo geralmente se manifesta em momentos de risco, de pressão do imediatismo, nos quais não há prazo para o raciocínio ou a avaliação. Ocorre na forma de ações espontâneas ou lógicas imediatas ou criativas.

Pode atendê-lo: pensamento lógico

  1. Exemplos de conhecimento intuitivo

Alguns exemplos de conhecimento intuitivo são:

  • A empatia geralmente opera com base no conhecimento intuitivo, quando nos permite conhecer o humor de uma pessoa sem conhecê-lo de antemão, ou sem manifestações explícitas de sentimentalismo (choro, gritos de dor etc.).
  • Em situações de risco, o conhecimento intuitivo nos dá uma vantagem da sobrevivência, permitindo uma reação imediata ou um segundo de dúvida antes de agir. Por exemplo, quando eles nos oferecem uma bebida e algo nos diz para não tomá-la, pode ser nossa intuição deduzindo algo estranho no ambiente e alertando-nos sobre o perigo.
  • Quando realizamos uma tarefa há muito tempo, ou estamos familiarizados com algum tipo de atividade que nos é dada com facilidade, é mais comum observar o conhecimento intuitivo aparecer: estamos tão acostumados à tarefa que, se formos apresentados a outra, poderemos aplicar sua padrões para as coisas novas e deduzidas antes que elas nos sejam explicadas.
  1. Importância do conhecimento intuitivo

O conhecimento intuitivo nos permite desconfiar de situações aparentemente inofensivas.

O pensamento intuitivo e o conhecimento intuitivo são formas de raciocínio intimamente ligadas ao subconsciente e a nossos aspectos irracionais. É exatamente por isso que eles gozam de alguma velocidade e liberdade em nossas mentes.

Isso significa que eles são modos primitivos, mas funcionais, de pensar e aprender, parte de nosso aspecto animal ou simplesmente de nosso esquema mental menos visível. De qualquer forma, é uma forma de conhecimento que estará sempre disponível, mesmo que não tenhamos educação formal e racional.

  1. Conhecimento intuitivo e conhecimento racional

O conhecimento intuitivo geralmente se opõe ao conhecimento racional, na medida em que este não é rápido e inconsciente, mas mais consciente e vagaroso e visível .

Além disso, o conhecimento racional é o resultado de um esforço para acumular informações, deduzir novos dados das instalações e chegar a conclusões lógicas, replicáveis ​​e demonstráveis. Se o conhecimento intuitivo é formado em segredo, o racional precisa de treinamento, treinamento e prática, dependendo do que é.

  1. Outros tipos de conhecimento

Outros tipos de conhecimento são:

  • Conhecimento religioso . Está ligada à experiência mística e religiosa, isto é, ao conhecimento que estuda o elo entre o ser humano e o divino.
  • Conhecimento científico . Deriva da aplicação do método científico às diferentes hipóteses que surgem da observação da realidade, a fim de demonstrar através de experimentos quais são as leis que governam o universo.
  • Conhecimento empírico . É adquirida através da experiência direta, repetição ou participação, sem exigir uma aproximação do abstrato, mas das próprias coisas.
  • Conhecimento filosófico Segue-se do pensamento humano, em abstrato, empregando vários métodos de raciocínio lógico ou formal, que nem sempre se seguem diretamente da realidade, mas da representação imaginária do real.

Artigos Interessantes

Setor terciario

Setor terciario

Explicamos o que é o setor terciário, suas principais áreas e exemplos. Além disso, em que consistem os setores primário, secundário e quaternário. O setor terciário fornece suporte especializado a consumidores ou empresas. Qual setor terciário? É chamado setor terciário ou setor de serviços da cadeia econômica que, diferentemente dos dois anteriores, não se dedica à extração de matéria-prima ou sua transformação em bens de consumo, mas satisfazendo as necessidades operacionais e comerciais ou de qualquer outra natureza exigida pelos consumidores finais e por outras empresas e indústrias. Esse

Soberania

Soberania

Explicamos a você o que é soberania e quais são os significados do termo soberania segundo autores como Jean Bodin, entre outros. A soberania é uma característica dos estados. O que é Soberania? O conceito de soberania estava geralmente associado ao escopo da teoria política . Autores como Hobbes, Rousseau, Locke, Bodin, entre muitos outros, dedicaram grande parte de seu trabalho, explicitamente ou não. No ent

Inteligência Interpessoal

Inteligência Interpessoal

Explicamos a você o que é inteligência interpessoal, de acordo com a Teoria das Inteligências Múltiplas, suas características e exemplos. A inteligência interpessoal facilita o relacionamento com os outros. O que é inteligência interpessoal? De acordo com o modelo de Múltiplas Inteligências proposto por Howard Gardner em 1983, a inteligência pessoal é aquela que permite aos indivíduos gerenciar com êxito seus relacionamentos com os outros . Envolve compr

Cacau

Cacau

Explicamos o que é o cacau, sua origem e a história dessa famosa árvore. Além disso, suas propriedades e sua relação com o chocolate. O cacau é uma árvore perene que requer climas quentes e úmidos. O que é cacau? O ` ` cacau '' é uma árvore americana de origem amazônica , também conhecida como `` cacau '' , já que por `` cacau '' geralmente se refere ao fruto que a árvore dá, ou mesmo ao produto da secagem e fermentação das sementes do referido fruto. É uma árvore semp

Geografia Física

Geografia Física

Explicamos a você qual é a geografia geográfica, sua história, características e exemplos. Além disso, diferenças com a geografia humana. A geografia geográfica estuda a geosfera, a hidrosfera e a atmosfera. Qual é a geografia geográfica? O ramo da geografia que lida com o estudo da superfície da Terra , entendido como um espaço geográfico natural, é chamado de geografia geográfica. Isso signific

Propriedade privada

Propriedade privada

Explicamos a você o que é propriedade privada e quando esse conceito jurídico surge. Além disso, exemplos e outras formas de propriedade. Imóveis e veículos particulares são alguns exemplos. O que é propriedade privada? Propriedade privada é propriedade de qualquer tipo (casas, capitais, veículos, objetos, ferramentas, incluindo fábricas, edifícios inteiros, terrenos ou corporações) que podem ser de propriedade, comprados, vendidos, arrendadas ou deixadas como herança por pessoas físicas e jurídicas que não sejam o Estado, isto é, por elementos do setor privado da sociedade. Os ativos de prop