• Sunday January 16,2022

Consumidor

Explicamos o que é um consumidor, os tipos que existem e sua diferença com um cliente. Além disso, suas características e comportamento.

O consumidor satisfaz suas necessidades trocando dinheiro por bens e serviços.
  1. O que é um consumidor?

Na economia, um dos agentes ` ` econômicos '' é chamado de `` consumidor '' envolvido na cadeia de produção . Todo consumidor tem uma série de necessidades a atender, e ele o faz graças à troca de dinheiro pelos bens e serviços oferecidos que ele deseja, e que fornece a ele uma produtor ou fornecedor

Os consumidores costumam ser a última etapa da cadeia produtiva, são os que compram o produto ou o serviço já preparado e o utilizam. .

Eles são, então, compradores. O consumidor dedica publicidade aos seus esforços de promoção e motivação ao consumo, e o marketing ou marketing estuda os padrões de consumo apresentados por sua comunidade específica.

Nos diferentes sistemas jurídicos dos diferentes países, os consumidores recebem uma série de direitos, que se traduzem em protegido contra modos de venda fraudulentos ou métodos de marketing coercitivo, injusto ou falacioso.

Em algumas teorias econômicas, é preferível usar o termo prosumer, fazendo referência a consumidores que são, ao mesmo tempo, produtores.

Mas é importante notar que o consumidor não possui uma entidade passiva que simplesmente compra o que oferece, pelo contrário: desempenha um papel muito bom. Ativo na seleção da oferta, é capaz de modelar as empresas de acordo com suas necessidades e preferências.

Pode atendê-lo: Atendimento ao cliente.

  1. Tipos de consumidor

O consumidor pessoal compra o que precisa em sua vida diária.

Podemos falar sobre dois tipos de consumidores, classificados de acordo com a associação ou não de uma organização maior que eles mesmos:

  • Consumidor pessoal . Quem compra o que precisa em sua vida cotidiana e pensa apenas em si e no núcleo da família.
  • Consumidor ou organização . Quem compra para uma empresa, instituição ou organização inteira, ou que leva em consideração as necessidades de uma empresa que administra ou participa.

Da mesma forma, os consumidores podem ser classificados de acordo com sua localização na cadeia de consumidores, da seguinte forma:

  • Consumidores finais . Aqueles que usam os bens ou serviços adquiridos e que exaurem a necessidade deles depois que o fizerem. Eles são o passo final da cadeia.
  • Consumidores intermediários . Aqueles que são um elo intermediário da cadeia e não o fim, ou seja, que compram para depois desenvolver um novo produto e vendê-lo, ou que compram para revender mercadorias a um preço mais alto (geralmente chamados de revendedores ). Esses consumidores não esgotam sua necessidade de consumo, mas a renovam constantemente (eles investem).
  1. Diferença entre cliente e consumidor

A diferença entre um cliente e um consumidor tem a ver com o processo chamado lealdade, e essa é a preferência contínua de um consumidor por uma determinada marca ou produto, ao qual ele é "fiel". Assim, um consumidor leal seria um cliente da marca, enquanto o resto do mercado continua sendo consumidor.

Hoje, as empresas estão comprometidas em criar clientes, em vez de ter um mercado cheio de consumidores, uma vez que os últimos podem variar em seus modos de consumo e podem ser erráticos em seu comportamento de compra.

  1. Características do consumidor

Os consumidores atuais são muito diferentes daqueles do capitalismo inicial. A revolução tecnológica os mudou tanto quanto o mercado em que operam. Assim, em termos gerais, podemos dizer que eles respondem às seguintes características:

  • Está conectado . O consumidor atual administra a Internet como o local preferido para pesquisar produtos e serviços, a ponto de 63% das mulheres e 77% dos homens adultos não passarem mais de uma hora sem se conectar aos telefones celulares.
  • A opinião é importante . Os consumidores atuais compartilham tudo: suas experiências, suas opiniões e gostam de se sentir levados em consideração. As redes sociais e a cultura 2.0 permitiram diminuir a diferença entre empresa e cliente, e os consumidores de hoje não estão dispostos a desistir.
  • Eles (des) lealdade rapidamente . Os consumidores atuais são rápidos na escolha de consumo, se identificam rapidamente com as marcas manuseadas em seu idioma e que sabem levar isso em consideração, mas com a mesma velocidade eles podem desistir e mudar para outro se não atenderem às suas expectativas. .
  • Demanda por intermediação . Longos tempos de espera e canais de comunicação lentos não têm lugar no imaginário do consumidor contemporâneo. Tudo deve ser rápido e instantaneamente.
  • Buscar autenticidade . Mais do que produtos e mercadorias, exige experiências originais e procura se sentir seguro de publicidade enganosa. Exige lealdade a suas empresas e, em troca, oferece ser um cliente exclusivo.
  1. Comportamento do Consumidor

Os consumidores mudam sua maneira de consumir: os atuais são muito diferentes do capitalismo inicial. A revolução tecnológica nos mudou tanto quanto o mercado e a dinâmica em que operamos. Realizar estudos e análises do comportamento do consumidor de tempos em tempos.

Esses estudos analisam a maneira pela qual os consumidores pesquisam, compram, usam, dessecam e avaliam seus produtos e serviços para uso diário ou eventual, para os quais as ferramentas de marketing e análise são utilizadas. financeiro (entre outras disciplinas, como psicologia, por exemplo).

O objetivo de qualquer avaliação do comportamento do consumidor é estabelecer como você prefere investir seu dinheiro, tempo e esforço e mobilizar o aparato produtivo para fornecer uma experiência mais consistente e com maior consumo. satisfatório, que se traduz em sua preferência ou lealdade a uma marca, produto ou tendência.

Artigos Interessantes

Sociedade de consumo

Sociedade de consumo

Explicamos a você o que é a sociedade de consumo e suas principais características. Além disso, alguns exemplos, causas e consequências. A sociedade de consumo adquire bens que foram produzidos em massa. O que é a sociedade de consumo? A sociedade do consumo é um conceito que começou a ser usado após o final da Segunda Guerra Mundial (1939-945) para se referir ao modo de vida orientado ao consumo típico das sociedades ocidentais . As socie

Marxismo

Marxismo

Explicamos a você o que é o marxismo e o que essa doutrina implica. Outros conceitos como alienação, luta de classes, mais-valia. O marxismo tem como postulado básico a dissolução da sociedade capitalista. O que é o marxismo? O marxismo tem sido a doutrina que influenciou o grande sistema político-econômico e ideológico com o qual o capitalismo teve que lutar durante o século XIX, mas principalmente durante o século XX: o comunismo. Embora isso

Custo

Custo

Explicamos qual é o custo e que tipos de custos existem. Custo fixo e custo variável. Relação de custos com produção. O custo é a despesa direta da produção de um bem ou serviço. O que é custo? Custo, também chamado de custo, é a despesa econômica causada pela produção de algum bem ou pela prestação de algum serviço . Esse conceito inc

Funções de idioma

Funções de idioma

Explicamos quais são as funções da linguagem, quais são os elementos que ela possui e algumas de suas características. As funções de linguagem mostram os limites e as capacidades da linguagem humana. Quais são as funções da linguagem? As funções da linguagem são entendidas como as diferentes tarefas com as quais o ser humano usa a linguagem , ou seja, os propósitos comunicativos com os quais ele utiliza essa ferramenta cognitiva e abstrata. Este tem sid

Carpe Diem

Carpe Diem

Explicamos o que é carpe diem e qual é a origem dessa frase. Além disso, como é o estilo de vida baseado no carpe diem. "Aproveite todos os dias, não confie amanhã." O que é Carpe Diem? A expressão carpe diem vem do latim e foi escrita pela primeira vez pelo poeta romano Horace . Se traduzirmos essa locução de maneira literal, veremos o que significa colher o dia e isso tem a ver com tirar proveito da vida no presente. Para o c

Linguagem

Linguagem

Explicamos o que é a linguagem e quais são as funções da linguagem. Além disso, como tem sido sua evolução. Tipos e exemplos de idiomas. A linguagem é uma faculdade muito complexa do ser humano. O que é linguagem? A linguagem é um sistema de signos, orais, escritos ou gestuais , que através de seu significado e relacionamento permitem que as pessoas se expressem para alcançar entendimento com o resto. A comunica