• Sunday September 20,2020

Direito constitucional

Explicamos a você o que é o direito constitucional e por que é importante. Origem, ramos e exemplos de direito constitucional.

Esse ramo geralmente propõe a divisão e autonomia dos poderes públicos.
  1. O que é direito constitucional?

O Direito Constitucional ou Direito Político é um ramo do Direito Público dedicado ao estudo dos preceitos fundamentais (princípios, conceitos e leis) que determinam a existência e o funcionamento de um Estado nacional, normalmente estabelecido no conteúdo de um Estado. Constituição Nacional ou Magna Carta.

O Direito Constitucional também está interessado no que se refere às possíveis formas de Estado e também de Governo, e especialmente na regulamentação dos poderes públicos, nos vínculos que estabelecem com a cidadania e nos direitos fundamentais que os indivíduos concede o quadro jurídico de um Estado.

Concluindo, seu principal objetivo é a manutenção do estado de direito e das leis fundamentais do ser humano. Para isso, geralmente propõe a divisão e autonomia dos Poderes Públicos, que cumprem as funções de limitação e vigilância recíproca, bem como a soberania nacional dos Estados nacionais, que dão aos seus respectivos textos constitucionais a última palavra em questões jurídicas, e não os interesses de outras nações mais poderosas.

Como os regulamentos legais que regem a vida pública são encontrados na Constituição Nacional de um país, o Direito Constitucional normalmente aspira a cumprir as disposições deste documento. Para isso, possui diferentes órgãos judiciais, responsáveis ​​pela interpretação e aplicação das leis constitucionais, como certas salas do Supremo Tribunal de Justiça (chamadas Câmaras Constitucionais).

Veja também: Estado de direito.

  1. Origem e história do direito constitucional

A existência do Direito Constitucional como uma disciplina legal autônoma não poderia existir, como é evidente, antes do surgimento das constituições modernas, como acordos legais comuns para governar a vida de um Estado-nação. Portanto, seu nascimento geralmente coincide com o da Constituição Britânica do século 18, amplamente estudado pelo Barão de Montesquieu, um dos escritores e juristas mais importantes do Iluminismo francês.

Isso não significa que não havia antecedentes históricos. Na antiguidade clássica, havia as leis fundamentais da Grécia Antiga, estudadas por filósofos como Aristóteles e Platão, que os distinguiam das outras leis em seus tratados. Da mesma forma, durante o Império Romano, a Constituição Romana foi assinada em 824 entre o rei Lothair I da Itália, co-promotor com seu pai Luis, o Piedoso desde 817, e o papa Eugênio II, estabilizando a luta pelo poder entre o Império e o papado.

  1. Importância do direito constitucional

O direito constitucional garante os direitos do povo.

O Direito Constitucional é extremamente importante, pois estabelece um limite para os governos, restringindo os poderes fornecidos pelo poder político e forçando-o a se adaptar aos regulamentos legais escritos na Carta Magna. Nenhum poder de transição, por maior que seja a maioria, seria capaz de violar a própria Constituição, e nisso o Direito Constitucional desempenha um papel fundamental.

Portanto, este ramo da lei garante os direitos do povo, defendendo seus interesses da vontade do poder governamental, estabelecendo os requisitos e mecanismos de controle necessários para modificar qualquer conteúdo da Magna Carta.

  1. Ramos do direito constitucional

De acordo com os procedimentos de estudo, o Direito Constitucional pode ser classificado em quatro tipos ou ramos:

    • Direito Constitucional Clássico . Ele se concentra no debate teórico da Magna Carta, usando o método positivo.
    • Direito Constitucional Comparado . Faça uma comparação dos diferentes textos constitucionais possíveis e seus modos de aplicação, destacando diferenças, semelhanças e contrastes.
    • Direito Constitucional Geral . Preocupa-se com a ideologia e os conceitos do pensamento jurídico em torno da Constituição, ou seja, a questão abstrata dela.
    • Direito Constitucional Nacional . Ele lida com a perspectiva histórica: os casos jurídicos específicos da história constitucional de uma nação de todas as nações.
  1. Exemplos de direito constitucional

Qualquer Constituição nacional é um exemplo claro dos interesses do Direito Constitucional. O mesmo acontece com os debates das Câmaras Constitucionais dos Supremos Tribunais de Justiça, que determinam se uma ação, decisão ou medida tomada por um poder público respeita ou viola as disposições da Magna Carta.

De fato, quando alguma lei ou conjunto de leis explícitas na Constituição não são claras ou se prestam à necessidade de alguma interpretação, são as instâncias do Direito Constitucional que são responsáveis ​​por fazê-lo.

Artigos Interessantes

Visão do mundo

Visão do mundo

Explicamos a você o que é visão de mundo e qual é o papel da educação nessa visão de mundo. Além disso, exemplos de cosmovisão. Aqueles que recebem educação ruim ou ruim limitam sua visão de mundo. O que é visão de mundo? A cosmovisão é a cosmovisão sobre a realidade que cria uma sociedade em um determinado momento ou sob uma determinada cultura. Também poderíam

Para ler

Para ler

Explicamos a você o que é a leitura e como esse hábito é adquirido. Além disso, quais são os diferentes métodos de leitura que conhecemos. É importante que desde a infância o hábito de ler seja adquirido. O que é leitura? Ler é nos colocar diante de um texto escrito e decodificar a mensagem que o autor deseja transmitir para nós. A leitura é

WWW

WWW

Explicamos o significado da sigla WWW e como a Web funciona. Por que é importante e quais são suas características. A aparência da Web mudou o mundo para sempre. O que é a World Wide Web (WWW)? É chamado World Wide Web (WWW) em ciência da computação para uma rede mundial , que consiste em um sistema complexo de hipertextos e hipermídia interconectados entre si e que pode ser acessado através de uma conexão à Internet e Um conjunto de software especializado. O software

Valores HUMANOS

Valores HUMANOS

Explicamos o que são os valores humanos, como eles influenciam as ações das pessoas e os tipos de valores humanos existentes. Os valores de nossa cultura influenciam e definem nossas ações. Quais são os valores humanos? Valores referem-se a características, qualidades e propriedades de uma pessoa , um objeto ou ação que são considerados positivos ou que têm grande importância em seu contexto. Como muito

Camadas da terra

Camadas da terra

Explicamos quais são as camadas da Terra e as características de cada uma. Além disso, as descontinuidades de Mohorovicic e Gutenberg. As camadas da terra são a crosta, o manto e o núcleo. Quais são as camadas da Terra? O Planeta Terra é um planeta esferóide de 12.742 quilômetros de diâmetro equatorial, com um ligeiro achatamento nos pólos. A humanid

Idade Antiga

Idade Antiga

Explicamos a você o que é a Idade Antiga e seus principais eventos. Além disso, as civilizações que constituíram esse período histórico. A velhice começa com a fundação das primeiras cidades-estado. Qual é a Idade Antiga? É conhecida como a velhice, no período histórico que testemunhou o surgimento e o desenvolvimento das primeiras civilizações humanas (conhecidas como civilizações antigas), especialmente desde a invenção da escrita, evento considerado como o fim da pré-história e o início da história como tal. O início da velhice rem