• Saturday September 19,2020

Ensaio

Explicamos o que é um ensaio e as características de um ensaio literário. Além disso, como está a estrutura de um ensaio.

O ensaio é reconhecido por sua natureza reflexiva e crítica.
  1. O que é ensaio?

A palavra ensaio vem do latim exag um.

  • Em uma primeira instância, esse conceito pode ser entendido como a ação de ensaiar, ou seja, realizar testes ou preparações para um show.
  • A segunda definição que pode ser encontrada a partir da palavra ensaio está relacionada a um gênero literário. Isso é reconhecido por seu caráter reflexivo e crítico, mas sem fazer uso do aparato acadêmico.

Veja também: Leitura crítica.

  1. O que são ensaios literários?

Há quem sugira que a lógica desempenha um papel fundamental nos ensaios.

Ensaios literários são breves escritos, geralmente em prosa . O autor tenta apresentar um tópico específico e sua maneira pessoal de entendê-lo. Há autores que enfatizam a importância de entender o ensaio como uma reflexão e não como uma mera opinião.

Os temas dos ensaios são diversos e sua estrutura é aberta . Alguns exemplos são ensaios filosóficos, políticos, políticos, argumentativos, pessoais, etc. Normalmente, para o público a quem esses textos são direcionados, ou seja, seus leitores, eles não devem ser especialistas no assunto desenvolvido. Mesmo seus leitores são geralmente muito diversos.

Há quem sugira que a lógica desempenha um papel fundamental nos ensaios . Isso ocorre porque, a partir desses textos, são feitas tentativas para convencer ou demonstrar algo ao leitor. Para isso, a maneira pela qual as idéias serão postuladas é muito importante. Normalmente, dois tipos de lógica são usados, por um lado, o dedutivo e, por outro, o indutivo.

  • A lógica dedutiva. requer que o início do ensaio seja baseado nas declarações gerais. Eles serão apoiados em todo o texto, graças à dedução, com demonstrações concretas. A partir disso, será tentado desenvolver a tese.
  • Lógica indutiva. Seu ponto de partida são demonstrações concretas que permitirão induzir declarações mais amplas ou mais gerais. Esse tipo de lógica é considerado mais eficaz na tentativa de convencer alguém, uma vez que o leitor descobre e entende claramente como as conclusões são alcançadas.

Siga em: Ensaio Literário.

  1. Como estão estruturados os ensaios?

No desenvolvimento de um ensaio, são sugeridas idéias próprias e implementadas fontes.

Embora a estrutura do ensaio não seja caracterizada por sua rigidez, como já mencionado, alguns autores recomendam alguns passos a serem seguidos ao escrever um ensaio. A organização das partes de um ensaio depende de seu autor, mas, principalmente, é a união de uma introdução, um desenvolvimento e uma conclusão final.

  • 1. Introdução Aqui a apresentação do assunto é feita expondo uma hipótese ou sua posição sobre o tema central, vislumbrando o objetivo do próprio ensaio; a maneira pela qual o assunto será tratado posteriormente é apreciada pelo autor, uma vez que explica brevemente o conteúdo e os subtópicos a serem abordados.
  • Desenvolvimento Aqui são realizadas exposições e análises, onde são sugeridas idéias próprias e reafirmado o ensaio mediante a implementação de fontes (revistas, páginas da web, livros, entre outros). O tópico desenvolvido é aprofundado usando uma síntese, um resumo e um comentário final. O conteúdo verifica e sustenta a tese através de um intenso argumento que, por sua vez, contém perguntas que incentivam o leitor a refletir ou por que não aprofundar o assunto por conta própria.
  • Conclusão Finalmente, a conclusão é baseada em uma combinação das próprias idéias do autor sobre o assunto, onde ele pode ou não sugerir uma solução para isso, usando um fechamento de desenvolvimento ou antecipando linhas de análise para os escritos subseqüentes. Reflete as reflexões pessoais iniciais, tentando acrescentar à hipótese novas idéias da investigação.

Pode servir para você: Exemplos de ensaios curtos.

Artigos Interessantes

Responsabilidade

Responsabilidade

Explicamos a você o que é responsabilidade e qual é o princípio de responsabilidade. Além disso, responsabilidade em vários campos. A responsabilidade é uma virtude encontrada em todo ser que possui liberdade. O que é responsabilidade? Responsabilidade é um conceito extremamente amplo que mantém uma estreita relação com o fato de assumir todas as consequências geradas após um ato que foi realizado consciente e intencionalmente. A responsabi

Realidade

Realidade

Explicamos a você o que é a realidade segundo diferentes pensadores, como Platão, Aristóteles, Descartes, Jacques Lacan e Sigmund Freud. O conceito de realidade é discutido na Grécia clássica. O que é realidade? O conceito de realidade vem do latão "realitas" e refere-se a tudo o que realmente existe , à coisa real; isto é, tudo o que não faz parte da imaginação ou da fantasia e que tem a propriedade de existir porque pode ser percebido por um dos sentidos ou pela razão. A realidade é

Razão social

Razão social

Explicamos a você o que é uma razão social e para que esse atributo legal é usado. Além disso, alguns exemplos de marcas reconhecidas. O nome da empresa é o nome com o qual uma organização ou empresa está registrada. O que é uma razão social? Assim como as pessoas têm uma identificação legal geralmente composta por um ou mais nomes, um ou mais sobrenomes e um número de identificação nos registros de seus países, As empresas mercantis têm um nome próprio no momento da sua fundação, nome social ou denominação social. Assim, quando usamos e

Eletricidade

Eletricidade

Explicamos a você o que é eletricidade e qual é a origem desse fenômeno físico. Além disso, a importância que tem e suas características. A eletricidade representa uma série de aplicações conhecidas para a humanidade. Qual é a eletricidade? A eletricidade inclui um conjunto de fenômenos físicos ligados à transmissão de cargas elétricas , ou seja, com a dinâmica dinâmica da elétrons (daí o nome dele). Por ser uma forma m

Descentralização

Descentralização

Explicamos o que é descentralização e os tipos que existem. Além disso, quais são suas vantagens e descentralização educacional. A descentralização ajuda a tornar a tomada de decisão mais ágil. O que é descentralização? Descentralização é a atomização do poder dentro de uma empresa, estado ou organização . Isso implica necess

Diagrama

Diagrama

Explicamos o que é um diagrama e que tipos de diagramas existem. Além disso, qual é o objetivo dos diagramas e por que eles são tão úteis. Os diagramas ajudam a simplificar a comunicação e as informações. O que é um diagrama? Um diagrama é um gráfico que pode ser simples ou complexo, com poucos ou muitos elementos, mas que serve para simplificar a comunicação e as informações sobre um processo ou sistema específico. Existem vários t