• Thursday August 18,2022

Histologia

Explicamos o que é histologia e os tópicos que esta disciplina estuda. Além disso, histologia vegetal, animal e importância.

A histologia também é chamada de anatomia microscópica ou microscópica ou anatomia microscópica.
  1. O que é histologia?

A histologia é uma disciplina que faz parte da biologia e examina os tecidos dos organismos através de um microscópio para conhecer sua estrutura e funções. Também é chamada de anatomia microscópica ou anatomia microscópica ou anatomia microscópica. A palavra histologia vem do grego, histo, que significa `` tecer '' e logotipos, que significa `` conhecimento ''.

Marcello Malpighi, anatomista e biólogo italiano, é considerado o fundador da histologia por ter sido o primeiro a examinar células vivas através de um microscópio no início do século XVII. Malpighi foi quem descobriu a existência de pequenas unidades dentro dos tecidos, chamadas células.

Veja também: Organismos Multicelulares.

  1. O que a histologia estuda?

A histopatologia serve para aprender mais sobre as possíveis causas de uma doença.

A histologia estuda a estrutura microscópica dos tecidos, ou seja, aglomerados complexos de células organizadas para desempenhar uma determinada função. O ser humano, por exemplo, se origina da fusão de duas células: um óvulo e um esperma. As duas células, por sua vez, se dividem repetidamente para formar novas células que compõem os diferentes tecidos, órgãos e sistemas do corpo humano. Os exames histológicos permitem saber como os vários componentes do organismo estão organizados, inter-relacionados e funcionando.

Os exames histológicos fornecem contribuições importantes para:

  • Histopatologia É a parte da histologia que examina as amostras de tecido coletadas de um organismo doente para aprender mais sobre as possíveis causas da doença e fornecer um diagnóstico mais preciso.
  • Investigações forenses e autópsias. A análise de tecidos biológicos, por meio de técnicas especiais, pode esclarecer as causas de mortes inesperadas e fornecer evidências científicas disponíveis para a justiça.
  • Arqueologia Examinando as células e os tecidos biológicos encontrados nos restos recuperados das sociedades antigas, é possível obter informações sobre sua história.
  • A educação. As técnicas básicas de histologia são ensinadas em oficinas de laboratório para apresentar aos alunos o conceito de microestruturas dos diferentes organismos.

A partir da biologia geral, é reconhecida a existência de dois grupos de organismos: plantas vasculares (do reino vegetale) e animais (do reino animal). A partir dessa distinção, a histologia é subdividida em histologia de plantas e animais para categorizar os diferentes tecidos.

  1. Histologia de plantas

Os tecidos adultos são compostos por células maiores que o embrionário.

Histologia vegetal é o estudo específico de tecidos vegetais classificados em dois tipos:

  • Tecidos meristemáticos ou embrionários. Eles consistem em pequenas células que têm uma grande capacidade de se multiplicar.
  • Tecidos adultos. São aqueles permanentes ou de duração na planta e são compostos por células maiores que as embrionárias. Estes, por sua vez, podem ser:
    • Tecidos parenquimatosos. Eles consistem em células que são responsáveis ​​pela nutrição e acúmulo de reservas.
    • Tecidos de proteção de superfície. Eles consistem em células que cobrem a planta e a isolam do ambiente externo.
    • Tecidos de apoio ou colquênquimas. Eles são compostos de células de paredes espessas e alongadas que dão rigidez à planta.
    • Tecidos condutivos ou vasculares. Eles são formados por células cilíndricas que se juntam e formam tubos ou dutos, onde circulam os nutrientes.
    • Tecidos secretores e excretores. Eles são formados por células que secretam substâncias da planta, como a resina dos pinheiros.
  1. Histologia animal

Os tecidos conjuntivos contêm um material viscoso que separa as células umas das outras.

A histologia animal estuda os tecidos orgânicos de animais que, diferentemente do reino vegetal, possuem células que formam organismos muito diversos em termos de forma e função. Os tecidos animais são classificados em quatro tipos:

  • Tecidos epiteliais. Eles constituem várias camadas de células unidas que formam uma membrana celular que cobre todas as superfícies do organismo (como epiderme, trato digestivo e respiratório) e cavidades internas (como artérias, veias e capilares).
  • Tecidos conjuntivos ou conjuntivos. Eles contêm células de uma maneira variada, juntamente com um material viscoso que as separa, chamado "substância intercelular", que permite unir os outros tecidos para fornecer suporte e integração, por exemplo, ao tecido adiposo, cartilaginoso, osso e sangue .
  • Tecidos musculares. Eles são formados por células alongadas chamadas "fibras musculares", que contêm miofibrilas capazes de contrair e dar elasticidade aos músculos. De acordo com a forma e o tipo de contração, os músculos são classificados como esqueléticos, cardíacos e lisos.
  • Tecidos nervosos. Eles são compostos de células chamadas "neurônios" que estabelecem um sistema de conexão complexo e têm a capacidade de se regenerar extremamente lentamente. Eles funcionam como receptores de estímulo (neurônios sensoriais) para aqueles que respondem com impulsos nervosos (neurônios motores) que se propagam sucessivamente para outros neurônios (neurônios de associação).
  1. Importância da histologia

O estudo da histologia permite conhecer a estrutura e função dos órgãos através do exame microscópico das células que os compõem. Os resultados dos estudos histológicos são fundamentais para a medicina e a biologia, tanto para conhecer as propriedades do corpo em condições normais quanto para examinar a presença de patologias, sua evolução e seu possível diagnóstico.


Artigos Interessantes

Pintura

Pintura

Explicamos a você o que é a pintura e qual é a história dessa forma artística. Além disso, as técnicas de pintura e o que é a pintura de caverna. A tinta utiliza pigmentos naturais e sintéticos misturados com aglutinantes. Qual é a pintura? Quando falamos de pintura ou arte pictórica, nos referimos a uma forma artística que busca representar graficamente a realidade , usando formas e cores em uma superfície, a partir de de pigmentos naturais e sintéticos misturados com ligantes (tintas). Nesse sentid

Limite

Limite

Explicamos a você o que é um limite e como os limites geográficos são estabelecidos. Além disso, outros significados do termo em vários campos. O conceito de limite geralmente é facilmente confundido com o da fronteira. O que é limite? O conceito de limite vem do latão e significa borda . Primeiro, a partir da geografia é entendida apenas como a linha real ou imaginária que separa dois territórios contíguos . Eles podem

Verdadeiro

Verdadeiro

Explicamos a você o que é a verdade e seus diferentes significados, de acordo com filósofos reconhecidos. Além disso, teorias que existem sobre a verdade. A verdade encontra certas limitações quando analisada em profundidade. Qual é a verdade? O conceito de verdade é um dos grandes problemas filosóficos que ainda dão muito o que falar , a principal arma das religiões e uma peça-chave em qualquer discurso político. Mas o que r

Carga elétrica

Carga elétrica

Explicamos a você o que é uma carga elétrica, como é classificada e quais são suas propriedades. Além disso, qual é a lei de Coulomb. A carga elétrica é uma propriedade intrínseca da matéria. O que é uma carga elétrica? Na física, uma propriedade da matéria é chamada de carga elétrica. É intrínseco a

Reinos Biológicos

Reinos Biológicos

Explicamos a você quais são os reinos biológicos e a história desses conjuntos de espécies. Além disso, as características de cada um. O sistema do Reino mais aceito foi proposto por Thomas Cavalier-Smith em 2015. Quais são os reinos biológicos? Na biologia, e principalmente na taxonomia, cada um dos grandes grupos em que espécies de seres vivos conhecidos são classificadas , de acordo com seu parentesco evolutivo, ou seja, seu local de origem na longa história da vida É o segundo nível de classificação dos seres vivos, abaixo dos domínios e acima das bordas (ou filo). Ao longo da his

Colagem

Colagem

Explicamos a você o que é a colagem e como essa técnica artística se originou. Além disso, os tipos de colagem existentes e exemplos deles. Nas artes plásticas, para uma colagem, fotografias e jornais são frequentemente usados, entre outros. Qual é a colagem? É chamada de `` colagem '' (do francês coller, que traduz `` apegar ''), uma técnica artística que consiste na construção de obras plástico através da aglomeração ou combinação de peças ou cortes de diferentes origens, dando-lhes um tom unificado. Em outras palavras,