• Monday December 6,2021

Homeostase

Explicamos o que é homeostase e alguns exemplos desse equilíbrio. Além disso, os tipos de homeostase e por que é importante.

A homeostase é realizada a partir dos processos de feedback e controle.
  1. O que é homeostase?

A homeostase é o equilíbrio que ocorre em um ambiente interno . Também conhecido como `` homeostase '', consiste na tendência de que qualquer sistema, incluindo seres vivos, tenha que se adaptar às mudanças e manter um ambiente interno estável e constante.

Esse equilíbrio é produzido a partir de respostas adaptativas que visam preservar a saúde . A homeostase é realizada a partir dos processos de feedback e controle. Quando um desequilíbrio é gerado dentro do organismo, esses dois processos permitem recuperar o equilíbrio perdido.

A homeostase caracteriza-se por sua continuidade, para a qual necessita dos processos de registro e regulação de vários parâmetros. Além disso, sua eficiência varia ao longo do tempo nos seres vivos .

Nos organismos, a homeostase depende tanto do ambiente externo (o elo entre o ser vivo e do ambiente em que se encontra) quanto do ambiente interno (geração e eliminação de certas substâncias ou resíduos) )

Veja também: Resistência aeróbica.

  1. Exemplos de homeostase

Na transpiração, a secreção de substâncias líquidas na pele é registrada.

Os processos de homeostase são observados em várias situações, como:

  • Suor Nesse processo, a secreção de substâncias líquidas na pele é registrada. A evaporação dessas substâncias ajuda a esfriar o corpo e reduz o aumento da temperatura interna.
  • Respiração Como a respiração é uma atividade involuntária, o sistema nervoso deve intervir para manter seu equilíbrio. Isso garante os níveis de oxigênio que o corpo precisa para se manter vivo.
  • Fugir do sol Antes de uma exposição solar extrema que pode ser registrada, por exemplo, em um deserto, animais de sangue frio se refugiam em espaços frescos. Essa resposta ajuda a baixar a temperatura corporal.
  • Regulação da pressão arterial. Nesse caso, o equilíbrio é produzido a partir de um sinal que o coração envia ao cérebro após detectar qualquer alteração na pressão sanguínea. Se a pressão é muito baixa, o coração deve acelerá-la e, se estiver muito alta, deve diminuí-la.
  • Aceleração da respiração Este processo visa aumentar a quantidade de ar respirado. Isso é ativado, por exemplo, quando uma pessoa pratica atividade física ou esportes, o que reduz os níveis de oxigênio no sangue. Também pode ser iniciado quando o corpo está imerso em um ambiente com baixa concentração de oxigênio. Durante esse processo de equilíbrio, a respiração não apenas acelera, mas também aumenta a velocidade dos batimentos cardíacos e aumenta a pressão sanguínea. Tudo isso melhora a irrigação do sangue oxigenado.
  • Manutenção dos níveis de glicose. Nesse caso, o processo de equilíbrio visa manter níveis adequados de glicose para que o ser humano permaneça saudável. Dado níveis muito altos de glicose, o pâncreas libera insulina; se esses níveis forem muito baixos, o fígado transforma o glicogênio no sangue em glicose.
  • Níveis de água Nos seres vivos, a água representa uma porcentagem importante de sua composição, portanto, manter seu equilíbrio é vital. Seu equilíbrio é mantido para impedir que o excesso de água exploda as células ou, devido à falta de água, essas mesmas células reduzem seu tamanho.
  • Regulação do pH do sangue. A homeostase ocorre, nesse caso, a partir do descarte de ácidos que põem em risco o nível adequado de acidez no sangue. Os resíduos são gerados por meio de controle bioquímico e diferentes sistemas de vigilância.
  • Tremor Esse processo de homeostase ocorre quando o corpo registra uma diminuição da temperatura ambiente, que é neutralizada por um tremor nos músculos.
  • Sistema urinário Este sistema é responsável por eliminar, através da urina, toxinas no sangue que afetam a homeostase.
  • Ativação do sistema linfático. O sistema linfático é ativado quando um vírus ou bactéria entra no corpo. Nessas circunstâncias, o sistema linfático contra-ataca esses vírus ou bactérias para garantir a saúde do corpo.
  • Exposição ao sol. Esse processo de homeostase é registrado em répteis, que não têm a capacidade de regular autonomamente sua temperatura interna. Devido a essa incapacidade, os animais de sangue frio são expostos ao sol e isso os ajuda a energizar seus metabolismos e aumentar a temperatura do corpo.
  • Controle de cálcio Nesse processo de equilíbrio, as paratireóides liberam hormônios para aumentar os níveis de cálcio e reduzi-los fixam cálcio nos ossos.
  1. Tipos de homeostase

A prevenção visa reduzir o impacto das transformações ambientais no organismo.

Diante das interações que o organismo mantém com o ambiente em que é encontrado, três tipos de respostas podem ser identificados:

  • Regulamento Diante de uma mudança no ambiente, o corpo aciona ações compensatórias para manter o ambiente interno razoavelmente constante.
  • Prevenção Esse processo de equilíbrio busca reduzir o impacto de transformações ambientais no organismo através de mecanismos comportamentais de escape para evitar mudanças ambientais ou ambientais temporárias.
  • Conformidade Durante esse processo de equilíbrio, o organismo muda juntamente com as mudanças que ocorrem no ambiente.
  1. Importância da homeostase

Graças à homeostase, a busca pelo equilíbrio é que os organismos não entram em entropia, ou seja, caos.

Se, por algum motivo, os processos de homeostase falharem, ocorrerá doença ou morte do organismo. Se o organismo falhar em manter seus parâmetros biológicos dentro dos limites da normalidade, ocorre uma doença que pode levar à morte do organismo em questão.


Artigos Interessantes

Elementos de uma monografia

Elementos de uma monografia

Explicamos a você quais são os elementos de uma monografia, para que cada um é usado e quais são suas principais características. De uma monografia, são esperados precisão, verificabilidade, imparcialidade e clareza. Quais são os elementos de uma monografia? Uma monografia é uma redação expositiva ou argumentativa, elaborada ao final de um projeto de pesquisa, documental, experimental ou de qualquer tipo. A partir

Centralização

Centralização

Explicamos o que é centralização, como é classificada e quais são suas vantagens e desvantagens. Além disso, exemplos e o que é descentralização. A centralização cria núcleos de poder, responsabilidade ou processamento. O que é centralização? Falamos de centralização quando os poderes de tomada de decisão ou processo dentro de qualquer organização tendem a convergir na mesma instância, ou mais simplesmente, quando todo poder ou todas as obrigações eles tendem a cair na mesma instância organizacional , como parte de um governo, empresa ou qualquer modelo administrativo. A centralização será e

Teoria de Lamarck

Teoria de Lamarck

Explicamos a você o que é a teoria de Lamarck sobre a evolução dos seres vivos, seus erros e sucessos. Além disso, quem era Jean-Baptiste Lamarck. Lamarck foi o primeiro a propor que as espécies atuais venham de outras. Qual é a teoria de Lamarck? Lamarckismo ou teoria de Lamarck é chamada de teoria científica sobre a evolução das espécies, proposta pelo naturalista francês Jean-Baptiste Lamarck em seu livro Philosophy zool Lógica de 1809. Esta é a pri

Teoria do Big Bang

Teoria do Big Bang

Explicamos o que é a teoria do Big Bang, como ela se originou e sua importância científica. Além disso, os cientistas que tornaram isso possível. A teoria do Big Bang argumenta que o universo se originou em uma grande explosão. Qual é a teoria do Big Bang? A teoria do Big Bang ou a teoria do Big Bang é o modelo cosmolítico mais aceito na ciência atual, ou seja, a explicação É aceito desde a origem do Universo hoje. Seu nome, &

Ciências Sociais

Ciências Sociais

Explicamos o que são as ciências sociais e como elas são classificadas. Além disso, o que essas ciências estudam e quais métodos eles usam. Eles procuram entender completamente como isso funcionou e como o mundo funciona. O que é ciência social? As ciências sociais são aquelas que visam conhecer algum aspecto da sociedade . Elas abr

Comunidades virtuais

Comunidades virtuais

Explicamos o que é uma comunidade virtual e para que ela serve. Recursos e exemplos de diferentes comunidades virtuais. Estima-se que existam atualmente cerca de 40 milhões de comunidades virtuais online. O que são comunidades virtuais? As comunidades virtuais são chamadas de certos grupos de indivíduos (indivíduos, grupos e instituições) que concentram seus esforços no pedido de dados processados ​​na Internet, com base em serviços online. Em outras pa