• Friday September 25,2020

Matéria

Explicamos a você o que importa e quais são suas propriedades químicas e físicas. Além disso, como é classificado e alguns exemplos de matéria.

A matéria é composta de partículas invisíveis, indivisíveis e estáveis.
  1. O que é a matéria?

Chamamos matéria a tudo o que ocupa um certo lugar no universo, tem uma certa quantidade de energia e está sujeito a interações e mudanças ao longo do tempo, que podem ser medidas. Do ponto de vista químico, a matéria é o conjunto de elementos constituintes da realidade perceptível, isto é, o que constitui as coisas que nos rodeiam e a nós mesmos.

Usamos o termo matéria como sinônimo de substância, isto é, a coisa da qual os objetos são feitos, e entendemos cientificamente como um tipo diferente de fenômeno do que de forças ou energias: a dinâmica que interage com os objetos.

A matéria é encontrada em toda parte e em qualquer estado físico. Há matéria no ar que é respirada, bem como em um copo de água. Tudo o que vemos, sentimos e tocamos é material, que é um elemento fundamental para o desenvolvimento da vida no planeta.

Até onde sabemos, a matéria é composta de partículas invisíveis, indivisíveis e estáveis, que chamamos de átomos. Existem 118 tipos de átomos, isto é, de elementos químicos ou substâncias puras, indivisíveis em outros mais simples, refletidos na Tabela Periódica dos Elementos. Esses átomos são diferentes um do outro, dependendo da quantidade ou distribuição de partículas subatômicas, sempre de três tipos: elétrons (carga negativa), prótons (carga positiva) e nêutrons (carga neutra).

As reações entre as formas da matéria são conhecidas como reações químicas.

Eles podem atendê-lo:

  • Origem da Matéria
  • Propriedades Gerais da Matéria
  • Propriedades específicas da matéria
  1. Propriedades químicas da matéria

Alguma substância pode gerar uma explosão de calor que leva a chamas.

Toda forma de matéria reage na presença de outras substâncias relacionadas, de acordo com certas propriedades constituintes de seus átomos ou moléculas, o que permite que o resultado dessas reações sejam substâncias diferentes das iniciais (mais complexas ou mais simples).

Entre as principais propriedades químicas da matéria estão:

  • PH A corrosividade dos ácidos e a causticidade das bases têm a ver com o pH da matéria, ou seja, seu nível de acidez ou alcalinidade, sua capacidade de doar ou receber elétrons quando em contato com certos materiais, como metais ou metais. Como matéria orgânica Essas reações geralmente são exotérmicas, ou seja, geram calor.
  • Reatividade De acordo com sua constituição atômica, a matéria pode ser mais ou menos reativa, ou seja, mais ou menos propensa a se combinar com outras substâncias. No caso das formas mais reativas, como os metais césio (Ce) e francium (Fr), é raro vê-los em formas puras, quase sempre fazem parte de compostos com outros elementos. Os chamados gases nobres ou gases inertes, por outro lado, são formas de matéria com reatividade muito baixa, que quase não têm reação com nenhuma outra substância.
  • Inflamabilidade Algumas substâncias podem inflamar-se, isto é, gerar uma explosão de calor que leva a chamas, na presença de uma fonte de calor ou em reação a outras substâncias. Esse material é chamado de inflamável, como a gasolina.
  • Radioatividade Nem todos os átomos da matéria são estáveis. Alguns adquirem formas instáveis ​​que liberam partículas ou ondas de energia, sob a forma de radiação ionizante, altamente perigosas para a vida. Isso é radioatividade e é típico de alguns elementos ou átomos resultantes de reações artificiais, como fissão e fusão atômica. Quando liberam seu excesso de energia, os átomos radioativos degeneram em um elemento diferente e mais estável.
  1. Propriedades físicas da matéria

No estado sólido, as partículas estão próximas.

A matéria também possui propriedades físicas, isto é, propriedades derivadas de mudanças em sua aparência, sem alterar sua essência química e ligada à ação de outras forças naturais externas. .

Entre as principais propriedades físicas da matéria estão:

  • Temperatura O grau de calor que a matéria apresenta por vez, que geralmente irradia para o ambiente quando existe uma diferença considerável de temperatura, como ocorre com a água quente deixada em repouso. Temperatura é o grau de energia cinética apresentado pelas partículas de um material.
  • Estado de agregação . A matéria pode aparecer em três estados ou estruturas moleculares determinadas por sua temperatura ou pressão a que está sujeita. Esses três estados são: sólido (partículas muito próximas, baixa energia cinética), líquido (partículas menos juntas, energia cinética suficiente para essa matéria flui, sem se separar do todo) e gás (partículas distantes, alta energia cinética).
  • Condutividade Existem duas formas de condutividade: a térmica (calor) e a elétrica (eletromagnetismo) e, em ambos os casos, é a capacidade dos materiais permitirem o trânsito de energia através s de suas partículas. Os materiais de alta condutividade são conhecidos como condutores, aqueles com baixa condutividade como semicondutores e aqueles sem condutividade como isolantes.
  • Ponto de Fusão É o grau de temperatura em que um sólido pode mudar o estado de agregação e se tornar líquido.
  • Ponto de ebulição . É o grau de temperatura em que um líquido pode mudar o estado de agregação e se tornar gasoso.
  1. Classificação do sujeito

A matéria inorgânica tem natureza livre, mas não tem relação com a vida.

Existem muitas maneiras e critérios para classificar o assunto. De um ponto de vista geral, podemos listar os principais da seguinte maneira:

  • Matéria viva. Conforma os seres vivos enquanto estão vivos.
  • Matéria inanimada Crie objetos inertes, sem vida ou mortos.
  • Matéria orgânica Isso é formado principalmente por átomos de carbono e hidrogênio e geralmente está ligado à química da vida.
  • Matéria inorgânica. Não é orgânico, isto é, é de natureza livre e não tem necessariamente a ver com a vida, mas com reações químicas espontâneas, como o eletromagnetismo.
  • Matéria simples. É composto de átomos de poucos tipos diferentes, ou seja, mais próximos da pureza.
  • Matéria composta É composto por inúmeros elementos de diferentes tipos, atingindo altos níveis de complexidade.
  1. Exemplos de assuntos

Praticamente todos os objetos no universo são um bom exemplo de matéria, enquanto são formados por átomos e possuem propriedades físico-químicas determináveis, discerníveis e mensuráveis.

Pedras, metais, o ar que respiramos, madeira, nossos corpos, a água que bebemos, todos os objetos que usamos todos os dias, são exemplos perfeitos de matéria. Existem até teorias recentes da física quântica que propõem que o vazio, entendido até a ausência de matéria, também estaria cheio. de algum tipo de partículas, chamadas de ossos de Higgs.

Continue com: Níveis de organização do assunto


Artigos Interessantes

Memória ROM

Memória ROM

Explicamos o que é a memória ROM e para que serve esse tipo de armazenamento. Além disso, os tipos de ROM e o que é RAM. A ROM é usada apenas para leitura. O que é memória ROM? Na ciência da computação, quando falamos de memória ROM (sigla de Memória Somente Leitura , ou seja, Memória de Somente Leitura), nos referimos a um tipo de armazenamento usado em computadores e outros dispositivos eletrônicos , caracterizado por ser acessível apenas para leitura e nunca para escrita, ou seja, pode ser recuperado, mas não modificado ou interferido. A memória ROM

Energia Cinética

Energia Cinética

Nós explicamos o que é energia cinética. Além disso, a diferença entre energia potencial e energia cinética, e alguns exemplos. Energia cinética é a energia que imprime o movimento no objeto. O que é energia cinética? A energia cinética é a energia que possui um corpo ou sistema devido ao seu movimento . A física d

Profissionalismo

Profissionalismo

Explicamos o que é profissionalismo e algumas características dessa qualidade de trabalho. Além disso, o que é profissionalismo e ética no trabalho. O profissionalismo é considerado uma qualidade positiva no local de trabalho. O que é profissionalismo? Profissionalismo é a maneira ou maneira de desenvolver uma determinada atividade profissional com total comprometimento , restrição e responsabilidade, de acordo com seu treinamento específico e seguindo diretrizes socialmente estabelecidas. O conceit

Controle de Administração

Controle de Administração

Explicamos a você qual é o controle na administração e quais são as fases do processo de controle. Além disso, os tipos de controle administrativo. O controle na administração avalia a eficácia dos resultados obtidos. Qual é o controle na administração? Nas ciências da administração, fala-se em controle para se referir a uma das principais funções administrativas , juntamente com planejamento, organização e gerenciamento., Cujo objetivo é

Linha de Crédito

Linha de Crédito

Explicamos a você o que é uma linha de crédito e algumas de suas características. Além disso, a sua diferença com um empréstimo. A linha atual geralmente opera como um backup de crédito para contas atuais. O que é uma linha de crédito? Uma ferramenta de crédito é oferecida como uma ferramenta de crédito oferecida a governos, empresas ou indivíduos por bancos ou consórcios financeiros, que estipula antecipadamente um valor total que é disponibilizado ao solicitante., geralmente em

Destreza

Destreza

Explicamos a você qual é a habilidade, de onde vem seu significado e exemplos. Além disso, a diferença entre habilidade e habilidade. Habilidade é a capacidade de concluir com êxito uma tarefa ou um trabalho. Qual é a habilidade? O termo `` destreza '', proveniente do latim n dextra ( direita ), é usado para nomear a capacidade com que uma pessoa executa satisfatoriamente uma tarefa ou um trabalho , geralmente ligado ao corpo e artesanato manual. Assim,