• Thursday August 6,2020

Alteridade

Explicamos o que é a alteridade e como ela se relaciona com o conceito de diversidade. O conceito de alteridade implica discriminação?

A alteridade é o poder de coexistir entre todos e buscar o crescimento de todos.
  1. O que é alteridade?

A alteridade não é perceber o outro como igual, mas como alguém diferente, que não faz parte da nossa comunidade. Implica a diferenciação de que o outro não é igual a nós, mas não se relaciona com algo negativo.

A alteridade não implica que o outro deva ser discriminado, mas é a capacidade de respeitar, reconhecer e ser capaz de viver harmoniosamente com essa diversidade. Isso dá a dimensão de que cada pessoa é única e irrepetível no universo.

Esse conceito pode ser visto na sociologia, antropologia e filosofia, assim como em outras ciências. Distinguir o outro como diferente de si mesmo, ou seja, como alguém fora do nosso escopo. Isso não significa que o outro deva ser discriminado ou negligenciado, mas, pelo contrário, é um conceito que aceita a diversidade e implica a coexistência entre as partes.

A alteridade é o poder de coexistir entre todos e incentivar o crescimento de cada indivíduo. Surge através de construções psicológicas e sociais . É o conceito da existência no mundo de algo que não é seu, que não faz parte do mundo de todos.

No entanto, você pode ver, às vezes, uma união íntima desse conceito com discriminação como xenofobia, homofobia, racismo e até misoginia, só para citar alguns. Mas a alteridade não aponta para esses aspectos, porque geralmente não está relacionada a aspectos negativos, apenas com as exceções mencionadas acima.

Antropologicamente, o termo alteridade implica valorizar o outro como uma entidade estranha a nós, ao que nos rodeia e nos identifica. Essa diferença se manifesta do ponto de vista de cada indivíduo, o que cada um considera seu próprio contra o outro.

A existência de uma ampla variedade de culturas e costumes diferentes dos nossos permite-nos adquirir uma visão mais global da existência do outro no mesmo planeta que o nosso e também nos dá a possibilidade de enriquecer nossa perspectiva e Tolerância para com o diferente. Por esse motivo, afirmamos que a alteridade não está relacionada a abordagens negativas, mas pelo contrário.

Socialmente, a alteridade é formada através da alteridade e o oposto: a outra é o que não queremos nos tornar, nem jamais desejamos. Portanto, essa visão do outro é relativa com base na perspectiva de cada pessoa.

Quando se trata de ver outros homens (o OUTRO), surge o problema da alteridade, pois essa visão pode se referir a ver o outro como alguém superior ou inferior. Um exemplo muito fácil de seguir é o momento da chegada do homem branco à América. A alteridade levou os conquistadores a identificar os nativos como o OUTRO, que não faziam parte de seu mundo e, também, como um OUTRO inferior. Eles os consideravam bárbaros, sem educação e cultura, mais próximos dos animais selvagens do que deles mesmos.

Veja também: Temperança.

  1. Outra História

A diferenciação dos homens variou ao longo da história. A princípio, Aristóteles argumentou que os homens não nasceram iguais : alguns nasceram para se submeter à escravidão, enquanto outros nasceram para comandar. Por outro lado, Thomas Hobbes argumentou que todos os homens nasceram iguais.

No ambiente natural e sem psicologias ou sociologias para submetê-lo, todos os homens eram iguais. No entanto, as diferenças na fisionomia humana eram notórias, uma vez que alguns homens são maiores e mais fortes que outros. Também existem diferenças intelectuais, portanto, descobrimos que algumas pessoas são mais inteligentes que outras. Esta é uma realidade diária que não pode ser discutida. Mas é necessário enfatizar que o uso da razão, como Descartes coloca, é a área em que podemos observar a maior igualdade entre os homens.

Alteridade e alteridade são palavras que representam basicamente a mesma coisa : o conceito de ver o outro como diferente de um, o OUTRO como o que eu não sou. Isso pode ser observado nas relações humanas, como cultura, raça, orientação sexual. No entanto, essa diferenciação nunca pode ser alcançada em 100%, uma vez que todos fazemos parte do mesmo universo, somos todos seres humanos.

Artigos Interessantes

Célula Procariótica

Célula Procariótica

Explicamos o que é uma célula procariótica, como é classificada e as partes que a compõem. Suas funções e o que é uma célula eucariótica. Os organismos procarióticos são evolutivamente mais antigos que os eucariotos. O que é uma célula procariótica? Células procarióticas ou procariontes são organismos vivos unicelulares , pertencentes ao império Prokaryota ou reino Monera, dependendo da classificação biológica preferida. Essas células são ca

Cultura Mixtec

Cultura Mixtec

Explicamos a você o que era a cultura Mixtec, seus costumes, política, economia e outras características. Além disso, suas principais contribuições. A cultura Mixtec ocupou Monte Alb após ser abandonada pelos zapotecas. Qual era a cultura Mixtec? A cultura Mixtec ou a civilização Mixtec foi uma das mais antigas culturas pré-colombianas mesoamericanas , antecessora do atual povo mexicano Mixtec. Floresce

Rentabilidade

Rentabilidade

Explicamos o que é lucratividade e os tipos de lucratividade que são diferenciados. Além disso, seus indicadores e sua relação com o risco. A lucratividade é um elemento fundamental no planejamento econômico. Qual é a rentabilidade? Quando falamos em prestação de contas, entendemos a capacidade de um determinado investimento gerar benefícios maiores do que aqueles investidos depois de esperar por um período de tempo. no planeja

Obrigações

Obrigações

Explicamos o que são os títulos, para que servem e os tipos de títulos que existem. Além disso, qual é a emissão de títulos e alguns exemplos. Títulos são um tipo de pagamento vendável a terceiros. Quais são os bônus? Na área financeira, um tipo de instrumento de dívida usado por entidades privadas e governamentais é denominado e são instrumentos de dívida mais ou menos equivalentes, ou o referido método Eles são simplesmente um tipo de pagamento vendável a terceiros. Os `` títulos '

Ácidos e Bases

Ácidos e Bases

Explicamos o que são ácidos e bases, suas características, indicadores e exemplos. Além disso, qual é a reação de neutralização. Substâncias com pH menor que 7 são ácidas e aquelas com pH maior que 7 são bases. O que são ácidos e bases? Quando falamos de ácidos e bases, queremos dizer dois tipos de compostos químicos, opostos em termos de concentração de íons hidrogênio , ou seja, sua medida de acidez ou alcalinidade, sua pH Seus nomes vêm do latim acidus ( agrio ) e do árabe al-Qaly ( asizas ). O termo bases é de us

Ganhos

Ganhos

Explicamos o que é o swag, as principais teorias de sua origem, seus diferentes significados e alguns exemplos desse termo. O termo swag tornou-se popular por volta de 2012, graças à Internet e às redes sociais. O que é ganhos ? O termo swag vem do inglês e, mais especificamente, de gírias americanas ligadas ao rap, hip-hop e música afro-americana . Esse t