• Saturday July 31,2021

Alteridade

Explicamos o que é a alteridade e como ela se relaciona com o conceito de diversidade. O conceito de alteridade implica discriminação?

A alteridade é o poder de coexistir entre todos e buscar o crescimento de todos.
  1. O que é alteridade?

A alteridade não é perceber o outro como igual, mas como alguém diferente, que não faz parte da nossa comunidade. Implica a diferenciação de que o outro não é igual a nós, mas não se relaciona com algo negativo.

A alteridade não implica que o outro deva ser discriminado, mas é a capacidade de respeitar, reconhecer e ser capaz de viver harmoniosamente com essa diversidade. Isso dá a dimensão de que cada pessoa é única e irrepetível no universo.

Esse conceito pode ser visto na sociologia, antropologia e filosofia, assim como em outras ciências. Distinguir o outro como diferente de si mesmo, ou seja, como alguém fora do nosso escopo. Isso não significa que o outro deva ser discriminado ou negligenciado, mas, pelo contrário, é um conceito que aceita a diversidade e implica a coexistência entre as partes.

A alteridade é o poder de coexistir entre todos e incentivar o crescimento de cada indivíduo. Surge através de construções psicológicas e sociais . É o conceito da existência no mundo de algo que não é seu, que não faz parte do mundo de todos.

No entanto, você pode ver, às vezes, uma união íntima desse conceito com discriminação como xenofobia, homofobia, racismo e até misoginia, só para citar alguns. Mas a alteridade não aponta para esses aspectos, porque geralmente não está relacionada a aspectos negativos, apenas com as exceções mencionadas acima.

Antropologicamente, o termo alteridade implica valorizar o outro como uma entidade estranha a nós, ao que nos rodeia e nos identifica. Essa diferença se manifesta do ponto de vista de cada indivíduo, o que cada um considera seu próprio contra o outro.

A existência de uma ampla variedade de culturas e costumes diferentes dos nossos permite-nos adquirir uma visão mais global da existência do outro no mesmo planeta que o nosso e também nos dá a possibilidade de enriquecer nossa perspectiva e Tolerância para com o diferente. Por esse motivo, afirmamos que a alteridade não está relacionada a abordagens negativas, mas pelo contrário.

Socialmente, a alteridade é formada através da alteridade e o oposto: a outra é o que não queremos nos tornar, nem jamais desejamos. Portanto, essa visão do outro é relativa com base na perspectiva de cada pessoa.

Quando se trata de ver outros homens (o OUTRO), surge o problema da alteridade, pois essa visão pode se referir a ver o outro como alguém superior ou inferior. Um exemplo muito fácil de seguir é o momento da chegada do homem branco à América. A alteridade levou os conquistadores a identificar os nativos como o OUTRO, que não faziam parte de seu mundo e, também, como um OUTRO inferior. Eles os consideravam bárbaros, sem educação e cultura, mais próximos dos animais selvagens do que deles mesmos.

Veja também: Temperança.

  1. Outra História

A diferenciação dos homens variou ao longo da história. A princípio, Aristóteles argumentou que os homens não nasceram iguais : alguns nasceram para se submeter à escravidão, enquanto outros nasceram para comandar. Por outro lado, Thomas Hobbes argumentou que todos os homens nasceram iguais.

No ambiente natural e sem psicologias ou sociologias para submetê-lo, todos os homens eram iguais. No entanto, as diferenças na fisionomia humana eram notórias, uma vez que alguns homens são maiores e mais fortes que outros. Também existem diferenças intelectuais, portanto, descobrimos que algumas pessoas são mais inteligentes que outras. Esta é uma realidade diária que não pode ser discutida. Mas é necessário enfatizar que o uso da razão, como Descartes coloca, é a área em que podemos observar a maior igualdade entre os homens.

Alteridade e alteridade são palavras que representam basicamente a mesma coisa : o conceito de ver o outro como diferente de um, o OUTRO como o que eu não sou. Isso pode ser observado nas relações humanas, como cultura, raça, orientação sexual. No entanto, essa diferenciação nunca pode ser alcançada em 100%, uma vez que todos fazemos parte do mesmo universo, somos todos seres humanos.

Artigos Interessantes

Existencialismo

Existencialismo

Explicamos a você o que é existencialismo e quais são suas principais características. Além disso, a origem dessa famosa corrente filosófica. O maior expoente do existencialismo foi Jean Paul Sartre. O que é existencialismo? O existencialismo é uma das principais correntes filosóficas que marcaram o século passado . Com vali

Estado

Estado

Explicamos a você o que é o Estado e as capacidades que ele deve ter. Além disso, seus elementos e as diferenças que possui com um governo. O Estado é toda a população de um país. O que é o Estado? Entende-se como um `` Estado '' (geralmente com letras maiúsculas) `` a organização humana '' que cobre toda a população de um país , estruturada socialmente, pol. Ética e econo

Masoquista

Masoquista

Explicamos a você o que é um masoquista e em que consiste essa prática. Além disso, como o masoquismo na cultura é considerado. Um masoquista encontra prazer na dor física ou emocional. O que é um masoquista? É chamado de `` masoquista '' que pratica masoquismo, ou seja, a prática de violar a si próprio à vontade ou à dor (física ou emocional) por sua própria mão ou por mano de otros, obtendo prazer ou gozo de algum tipo, especialmente de natureza sexual. Pode ser usad

Poluição do Ar

Poluição do Ar

Explicamos a você o que é a poluição do ar e por que ela ocorre. Consequências negativas e possíveis soluções. A atividade industrial produz subprodutos de gases que, sem uso, são liberados na atmosfera. O que é poluição do ar? A poluição do ar refere-se à presença, nas diferentes camadas de ar que compõem a atmosfera da Terra, de substâncias e formas de energia fora de sua constituição natural e que Eles podem representar uma fonte de riscos, danos e inconvenientes para a vida como a conhecemos. Assim como a água

Vintage

Vintage

Explicamos a você o que é vintage, a popularidade desses objetos hoje e alguns exemplos dessas antiguidades. Objetos antigos podem ser muito caros em uma loja de antiguidades. O que é vintage? A safra refere-se a todos os objetos que já têm uma certa quantidade de anos , mas não o suficiente para serem catalogados como antiguidades. Gera

Recursos Literários

Recursos Literários

Explicamos o que são recursos literários, os tipos de recursos literários existentes e algumas de suas características. Recursos literários são os usos especiais dados ao idioma. O que são recursos literários? É chamado de `` recursos literários '' ou `` também '' figuras retóricas `` voltas '' e estratégias especiais - que os autores da literatura - imprimem sobre a linguagem em suas obras, com o objetivo de dotá-las de um poder expressivo maior ou de uma beleza maior, são, portanto, usos especiais, além do comum, da linguagem . Com isso, não