• Tuesday May 17,2022

Tecido conjuntivo

Explicamos a você o que é tecido conjuntivo e como é sua classificação. Além disso, quais são as várias funções desses tecidos.

As células do tecido conjuntivo são geralmente bastante separadas umas das outras.
  1. O que é tecido conjuntivo?

É conhecido pelo nome de tecido conjuntivo ou tecido conjuntivo de um conjunto diversificado de tecidos orgânicos de preenchimento, suporte e conexão do organismo, isto é, que conecta, separa e sustenta os vários sistemas de órgãos que compõem o corpo dos seres vivos.

O tecido conjuntivo é geralmente do tipo fibroso (fibras de colágeno, elastina e reticulina), bem como uma matriz de consistência variável composta por água, sais minerais, polipeptídeos e açúcares complexos. As células do tecido conjuntivo são geralmente bastante separadas umas das outras e podem ou não estar equipadas com funções específicas, como a geração de enzimas, células defensivas ou outras substâncias reguladoras.

Em geral, falamos de tecido conjuntivo (no singular) para se referir a todos os tecidos conjuntivos como um todo , sejam eles quais forem, que compartilham semelhanças estruturais e funcionais. O sangue também é um caso muito particular de tecido conjuntivo da matriz líquida, embora possa não parecer.

Veja também: Sistema Muscular.

  1. Tipos de tecido conjuntivo

O tecido conjuntivo frouxo tem um alto conteúdo celular.

O tecido conjuntivo é classificado de acordo com suas funções especializadas, como segue:

Tecido conjuntivo especializado. Aqueles tecidos conjuntivos dotados de funções únicas e particulares. Eles são divididos em:

  • Tecido conjuntivo frouxo. Possui um alto conteúdo de células e componentes extracelulares da matriz, muito mais abundante que o conteúdo fibroso. Por sua vez, pode ser dos seguintes tipos:
    • Tecido conjuntivo mucoso. Neles predomina uma substância amorfa fundamental, composta por ácido hialurônico e apresentando abundância celular moderada. É raro em adultos, mas abundante no cordão umbilical e em menor quantidade na polpa dos dentes.
    • Tecido conjuntivo reticular. Possui fibras reticulares argirofílicas, compostas de colágeno, formando uma rede tipo rede. Assim, por exemplo, o estoma da medula óssea, baço e parênquima são compostos.
    • Tecido conjuntivo mesenquimal. É o tecido que compõe o mesênquima embrionário, eles são ricos em células mesenquimais das quais vêm as células específicas de cada tecido.
  • Tecido conjuntivo denso ou fibroso. Em que as fibras predominam acima das células e que, por sua vez, são classificadas como:
    • Tecido conjuntivo denso regular. Aquele que forma os tendões, ligamentos e outras fibras que suportam a tração e, portanto, estão dispostos na mesma direção, paralelos entre si para obter maior resistência.
    • Tecido conjuntivo irregular denso. As fibras de colágeno, dispostas aleatoriamente e com pouca substância fundamental, fornecem proteção contra o alongamento dos órgãos, para que possam ser encontradas na cápsula de cada um deles.

Tecido conjuntivo não especializado. São tecidos de suporte e conexão que não cumprem outras funções específicas, mas que preenchem o corpo. Eles são classificados de acordo com sua natureza em:

  • Tecido adiposo. Composto principalmente por lipídios e / ou gorduras.
  • Tecido cartilaginoso. Composto por cartilagem, uma substância elástica que atua como uma almofada entre os ossos.
  • Tecido ósseo. Composto por tecidos mineralizados que chamamos de osso.
  • Tecido linfático. Aquele que compõe o sistema linfático, conectando as glândulas e servindo de transporte para as defesas do corpo.
  • Tecido sanguíneo. O sangue e as células que o compõem.
  1. Funções do tecido conjuntivo

A função primária do tecido conjuntivo é a da integração sistêmica do organismo, ou seja, apoiar, coesão, separação e servir como um meio logístico de comunicação. nos órgãos e sistemas diferentes que compõem o corpo. Por exemplo, eles apóiam e separam os órgãos da cavidade abdominal, permitindo a distribuição entre eles das estruturas vasculares e nervosas.

Por outro lado, tecidos conjuntivos especializados também têm funções hematopoiéticas, linfóides ou similares, contribuindo para a produção de células de vários tipos ou para a produção de substâncias específicas. física da regulação interna do organismo.


Artigos Interessantes

Trigonometria

Trigonometria

Explicamos o que é trigonometria, um pouco de história sobre esse ramo da matemática e os conceitos mais importantes que ele usa. A trigonometria é usada onde é necessário medir com precisão. O que é trigonometria? Trigonometria é, de acordo com o significado etimológico da palavra, a medida dos triângulos (do grego trigon e metron ). A trigono

Cliente

Cliente

Explicamos a você o que é um cliente e por que é tão importante para a economia. Além disso, alguns significados sobre esse termo. Um cliente é aquele que, voluntariamente, recebe algo em troca de algo que ele entrega. O que é um cliente? O conceito de cliente é usado para se referir às pessoas ou entidades que fazem uso dos recursos ou serviços fornecidos por outro. A origem

Autonomia

Autonomia

Explicamos a você o que é autonomia, o que é autonomia moral e autonomia da vontade. Além disso, suas diferenças com a heteronomia. Autonomia é a capacidade de decidir independentemente, sem a influência de terceiros. O que é autonomia? Autonomia é entendida como a capacidade de decidir por si própria, de forma independente, sem coerção ou influência de terceiros . Esse termo

Energia potencial

Energia potencial

Explicamos a você qual é a energia potencial, os diferentes tipos de energia potencial que existem e alguns exemplos dessa energia mecânica. Alguns exemplos gráficos de energia potencial. Qual é a energia potencial? Energia potencial é um tipo de energia mecânica, que está associada ao relacionamento entre um corpo e um campo ou sistema de força externo (se o objeto estiver localizado em o campo) ou interno (se o campo estiver dentro do objeto). É, por

Violência de gênero

Violência de gênero

Explicamos o que é a violência de gênero e os tipos de violência que existem. Além disso, o que fazer quando confrontado com um ato de violência de gênero. A violência de gênero inclui ameaças e privação de liberdades políticas e civis. O que é violência de gênero? Violência de gênero é a violência que alguém exerce sobre uma pessoa apenas por causa de seu sexo . As ações que consid

Comparação

Comparação

Explicamos o que é uma comparação e os tipos que existem. Além disso, quais são as figuras retóricas e alguns exemplos dessa ação. Uma comparação destaca as semelhanças ou diferenças entre coisas ou indivíduos. O que é uma comparação? A comparação é entendida como a ação de agrupar duas outras coisas para encontrar suas possíveis semelhanças, diferenças ou relacionamentos de algum tipo, seja atraente para seu aspecto físico. Físico ou simbólico ou